18.png

O lab. ÂNIMA desdobramentos é conduzido por Maysa Carvalho e foi criado a partir da demanda de participantes do curso ÂNIMA que gostariam de dar continuidade às investigações iniciadas no curso. Ele tem como objetivo promover um espaço contínuo e coletivo de aprofundamento na pesquisa e criação em teatro de bonecos.

Esta atividade é restrita às pessoas que já fizeram o curso ÂNIMA - uma introdução ao teatro de bonecos.

Se você já cursou saiba que o lab. está aberto para entrar quando quiser!

segunda-feira
08h às 10h

Quer entrar?? Entre em contato.
poeticadamateria@gmail.com

+55 (61) 9 9208 9573

participantes

Laura. foto pessoal.jpeg

Laura Barbeiro

formada em Artes Visuais pela Unicamp. Atua como artista visual, ilustradora e arte-educadora na cidade de São José do Rio Preto/SP. Nas linguagens artísticas aventura-se na pluralidade entre as artes visuais, a literatura e o teatro de formas animadas, unindo seu gosto pela narrativa, entre palavras e imagens.

processo de criação

Surge a partir de um texto “Não use cerol, os anjos costumam pegar carona na rabiola das pipas”. Uma notinha que escrevi há alguns anos, no meu primeiro livro que concebi, chamado Dentes de(leite): Narrativas Visuais. Desde o momento em que visualizei esse anjo e essa pipa, quero transformar as imagens da minha cabeça em cenas. Então dou esse mergulho para criar em mim o que seria esse céu de encontro.

Laura. foto criação.jpeg
Arthur. foto pessoal.jpeg

Arthur Diniz

É de Ribeirão Preto (SP), estuda teatro desde 2008. É membro da Cia Boneco na Mala. Atualmente pesquisa sobre palhaço, máscaras e teatro de animação.

processo de criação

 

 

"Rita - sonhar para dançar" nasce a partir do afeto pelas mulheres da minha vida. Para a representação dessa afetividade escolho a técnica de confecção e animação da boneca-híbrida. Rita dança para se expressar, para lembrar, ela dança para viver.

Arthur_edited_edited.jpg
Foto Julie_edited_edited.jpg

Julie Wetzel

Atriz, bonequeira, produtora cultural e arte educadora. Formada em bacharelado em Artes Cênicas na Faculdade de Artes Dulcina de Moraes e em Licenciatura: Formação pedagógica para graduados. Integrante da Cia Burlesca, da V4 Cultura e do Poética da Matéria. 

processo de criação

O prazer de encontrar nas páginas dos livros um refúgio para amenizar a dureza da realidade, traçar silenciosamente novas perspectivas e compreender alguns processos do mundo fazem da leitura e da escrita parceiras preciosas. A rotina  sobrecarregada de Moça é interrompida por encontrar um livro que lhe divide entre o desejo de sonhar e as obrigações da realidade. Como construir novos indivíduos e uma nova sociedade se não temos tempo para sonhar? Quanto custa o tempo das mulheres?

Julie. Moça3.jpeg
Lys_edited.jpg

Lys Akerman-Frank

Lys Akerman-Frank, uma brasileira e mora nos Estados Unidos há 20 anos. Formada em design gráfico pela St. Catherine University (2001). Fundou a Art & Frames em 2010, sua própria loja de molduras personalizadas e galeria em St. Paul.  O esforço artístico mais recente de Lys inclui projetar, fabricar e vender bonecos. Ela é a assistente técnica da Galeria Catherine G. Murphy da Saint Catherine’s University.

processo de criação

O meu processo não tem pé nem cabeça. Sou uma artista bem intuitiva, vejo uma foto, um sapato, ai imagino uma figurinha usando o sapato. Assim as imagens começam a se formar. Quem vai ser esse boneco ? Qual são os materiais que irei usar? Qual será a sua personalidade? Nao sei porque, mais adoro bonecos com mãos grades a pés grandes. O Laboratório ANIMA me ajuda muito a me organizar a colocar um ritmo na minha criação.

Lys_edited.jpg
Ferr. foto pessoal_edited.jpg

Fernanda Pacini

Diretora teatral, atriz, produtora, gestora, apaixonada por planilhas e envolvida nas mil tarefas de ser artista e trabalhar com cultura. Há pouco tempo se descobriu andante e resolveu que queria muito aprender a viajar, a se aventurar, a explorar, a caminhar e a conhecer todas essas multis que a habitam

processo de criação

Como os limites de espaço, peso e distância podem contribuir pra uma criação artística? Que história as coisas que acompanham sua jornada podem contar? Por que são esses os objetos que acompanham a sua jornada? Esse processo quer contar a história dos seres que habitam a vida de uma menina viajante dentro de sua mochila.

Fer_edited.jpg
Marcelo. foto pessoal.jpeg

Marcelo Lucchesi

Arte educador, ator e pesquisador em Artes Cênicas . Graduado pela Faculdade de Artes Dulcina de Moraes em Brasília. Tem trabalho como ator e atualmente tem iniciado o trabalho com Teatro de Animação.

processo de criação

A partir de objetos esquecidos em uma gaveta, temos o inicio desse processo de criação. No encontro entre os elementos que compõe a cultura do chimarrão, erva, cuia, bomba e água esperta, começa um divertida e intrigante conversa sobre a solidão, as escolhas e os desejos que podem povoar nosso dia a dia.

Marcelo_edited.jpg
Flávia_edited_edited.jpg

Flávia Wolffowitz

Artista, educadora, ilustradora e narradora de Kamishibai desde 2012. Diretora do Club de Kamishibai Brasileiro. Participou dos Festivais Internacionais de Kamishibai do México e Numazu Tokyo, durante sua residência artística.

processo de criação

 

Está cena foi minha pesquisa inicial no curso ANIMA. Ela traz objetos familiares e um pouco sobre o meu estudo da caligrafia japonesa, que tem em sua essência  os movimentos e as cadências que casam perfeitamente com os movimentos da animação.

Captura de Tela 2021-07-20 às 15.23.46.png